sábado, 28 de março de 2009

Mudança cansa

Esta imagem foi utilizada em tantos sites que nem sei mais a quem atribuir os créditos.

Hoje minha cabeça não está afiada para escrever então resolvi aproveitar o vácuo de ficar este tempo todo sem novos posts para...

...bom primeiro para re-agradecer (já havia agradecido nos comentários do blog dela) a Sil pela divulgação do meu último texto. É, esse mesmo que tá aí embaixo deste aqui. Se não leu (ainda) vale a pena ler...

(interrupção)

...agora sim, aproveitar para explicar minha ausência não só neste blog como em várias outras coisas virtuais e até mesmo reais. Esta semana que passou estive de mudança.

Não, não é de casa onde todos sabem moro na mesma praticamente desde a era Cenozóica* mas do trabalho.

Não também não estou trocando de emprego, é o emprego que está se mudando, mais precisamente saindo da L2 Norte para o Setor Bancário Norte. Nós, os chamados "oreia" acabamos por de certa forma nos transformar em burros de carga, seja encaixotando quase tudo na sala antiga como desencaixotando quase tudo na sala nova, o que acabou com todo mundo e deixando um rastro de exaustão para os próximos dias que não se dissipou até agora (minhas costas que o diga).

A mudança para o local em si não foi ruim, pelo contrário, a sala nova é muito melhor do que a antiga e o local é é bem servido de serviços (a expressão é de propósito), o porém é que tinhamos estacionamento fechado e agora teremos que nos aventurar para estacionar na rua, e logo onde?

Bom, tema para escrever não tem me faltado graças a Deus, mas vou esperar esse furdunço todo acabar para poder pensar com calma, além disso, pelo menos uns 3/4 da minha vida virtual se passam no trabalho.

*e para aqueles que são mais entendidos em geologia o "cenozóica" também foi de propósito, eu sei que o cenozóico é a era atual.

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Vc falou num ponto que me incomoda muito, a hora da mudança. Bom, quando nos mudamos para cá para onde estamos agora, na nova casa, eu fiquei em panico, a coisa que mais odeio em minha vida e mudança mudar e mecher. Até para ter uma ideia desde os meus 17 anos tenho o meu quarto praticamente igual, so umas coisas que mudaram por conta da mudança e de eu ter crescido. Mas o mais legal dessa minha última mudança é que minha mãe errolou para mudar e eu como já avia pago para a amiga Ivana o "Alegria de viver." E estava muito animanda em fazer, falei que não faria as mudanças junto com povo de casa, so encaixotei as minhas coisas do meu quarto e pumba pulei para o Workshop do Ronaldo. E fiquei feliz da vida e aproveitei bastante o momento que foi de extrema importância para mim. Agora não consigo nem falar de mudanças quando falam evitam falar comigo.
    E vc já viu o meu blog http://liocasilva.blogspot.com lá fala das minhas mudanças com a Dislexia.
    1000 beijos

    ResponderExcluir
  3. Ai, Clébio, a palavra "mudança" já me fez tremer nas bases...mas tomara que vocês já estejam devidamente reinstalados aí para curtir o novo lugar que parece ser bem melhor ;)))

    Teu níver tá próximo, hein...se fizer alguma comemoração, avisa a gente com alguma antecedência pra podermos comemorar juntos.
    Beijão!

    ResponderExcluir